Municípios da região podem receber mais de R$ 2 milhões para auxiliar setor cultural

Recentemente aprovada a Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc estabelece um conjunto de ações para garantir uma renda emergencial  para trabalhadores da Cultura e manutenção dos espaços culturais brasileiros durante o período de pandemia.

Dos R$ 3 bilhões previstos mais de R$ 2 milhões serão destinados para os municípios da Região Serrana subsídio do governo federal que utilizou os critérios de população e FPM para a distribuição.

Lages vai receber R$ 1.097.000,00 para desenvolver projetos de editais de cultura, manutenção de espaços culturais e terá a missão de aplicar este valor exclusivamente para auxílio de artistas e profissionais da área.

A Fundação Cultural de Lages, Conselho Municipal de Cultura, associações culturais formais e informais, Centro de Tradições Gaúchas também o recém-criado Fórum Permanente de Arte e Cultura de Lages que reúne especialistas da área e artista tem o dever de fazer aplicar estes valores com muita atenção e responsabilidade.

Se não aplicar o dinheiro para a finalidade cumprindo os requisitos legais a verba retorna para Brasília. Uma preocupação é com os artistas populares que precisam ser identificados e orientados de como conseguir os recursos para sua manutenção de vida se exercer sua profissão.

IMPORTANTE deste já é que os trabalhadores do setor da cultura já se cadastrem no mapacultural.sc.gov.br sem este cadastro não será possível participar dos editais e ações.

Para saber mais acessse o GUIA FÁCIL PARA LEI ALDIR BLANC!

>>Acesse o guia: https://cutt.ly/gi4V4cF